Sobrames, do passado ao futuro

 

    Temos muita história para contar. Se hoje comemoramos o Jubileu de Ouro de criação e funcionamento da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores, isto se deve a um homem de visão e de perseverança, o médico Dr. Eurico Branco Ribeiro, nascido na cidade de Guarapuava, paranaense de nascimento e que exerceu suas atividades profissionais em São Paulo.

    A Sociedade Brasileira de Médicos Escritores nasceu com sua instalação na sala A, da Associação Paulista de Medicina, às 20 horas do dia 23 de abril de 1965, com a participação de 18 médicos, entre os quais o seu mentor, o Dr. Eurico Branco Ribeiro. A biografia deste ilustre escritor registra entre os seus escritos cerca de 30 publicações, sendo ele o maior biógrafo brasileiro do evangelista São Lucas.

    Naquela reunião de instalação, assumiu provisoriamente a presidência o Dr. Glaucio Bandeira e, por sua solicitação, o Dr. Eurico Branco Ribeiro descreveu, detalhadamente, os primeiros momentos inspiradores da formação dessa instituição. Relembrou que em 30 de dezembro de 1963 o Dr. Lucien Diamont Berger, então secretário-geral da Federação Internacional das Sociedades de Escritores Médicos, lhe escrevia dizendo: “O ideal seria que vocês pudessem reunir no Brasil colegas médicos escritores a fim de constituir uma sociedade brasileira para se filiar à Federação”. Com essa premissa, posteriormente, o Dr. Eurico Branco Ribeiro fez contato pessoal, em Oslo, na Noruega, com o Dr. Paulo Noël, secretário geral do Grupo de Escritores Médicos Franceses, e ficou acordado que se criasse a Sociedade Brasileira de Escritores Médicos, como era naquele tempo designada, nos moldes da associação existente na França. A diretoria provisória, naquela solenidade, ficou assim constituída: presidente Dr. Glaucio Bandeira, de Curitiba, vice-presidente Prof. Antonio de Almeida Prado, de São Paulo, e secretário- tesoureiro Dr. Eurico Branco Ribeiro. O Conselho Fiscal ficou constituído pelos vogais: Dr. Eduardo Adami, de Poços de Caldas, Prof. Leduar de Assis Rocha, do Recife e Dr. Octacílio de Carvalho Lopes, de São Paulo. Importante observar que desde os primeiros momentos dessa sociedade Pernambuco se fez presente nesse movimento literário com a participação do Prof. Leduar de Assis Rocha.
    Para dar visibilidade à Sociedade, logo no seu nascimento, o Dr. Eurico Branco Ribeiro criou um boletim periódico, onde divulgavam as atividades literárias e administrativas da organização, e no seu primeiro número datado de fevereiro de 1965 publicava, na sua inteireza, o Estatuto da instituição. Até junho de 1976 foram publicados 35 números desse boletim. Pela leitura desses documentos, é possível acompanhar o desenvolvimento de nossa organização.

    Na gestão do terceiro presidente, o Prof. Carlos da Silva Lacaz decidiu no seu projeto de trabalho promover a descentralização das atividades da Sobrames e lançou as suas bases com a criação do Regulamento das Regionais da Sociedade Brasileira de Escritores Médicos, em 1968. No intuito de dar publicidade à sociedade, ele realizava reuniões plenárias mensais com a denominação de ‘sessões públicas’, no sentido de que qualquer pessoa poderia assistir-lhes.

    Foram organizados os Congressos de caráter nacional, sendo o primeiro realizado em Teresópolis, RJ, nos dias 26 e 27 de novembro de 1966. Sua periodicidade passou a ser de dois em dois anos, sempre nos anos pares. Até agora já foram realizados vinte e cinco Congressos, dos quais, quatro em Pernambuco. Agora mais uma vez Pernambuco está exercendo a presidência da Sobrames e foi elaborado um documento “Plano de Trabalho gestão 2015/2016”, no qual consta uma série de propósitos audaciosos que constituem as metas da Sobrames de hoje com perspectiva de futuro. A principal é que se estimulem os médicos a continuar realizando seus afazeres literários e que as regionais da Sobrames identifiquem e busquem os colegas escritores que estão dispersos, para compor os quadros das regionais já existentes, hoje em torno de vinte, e também que se criem novas regionais nos Estados que ainda estão carentes destas instituições. Acreditamos que existem hoje no Brasil mais de 700 médicos escritores que estão ou não vinculados às regionais da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores. Parabéns à Sobrames no seu Jubileu de Ouro, inspirado na persistência da luta do Dr. Eurico Branco Ribeiro.

Contato

SOBRAMES: Rua Amaury de Medeiros, 206
Derby – Recife – PE
CEP 52010-120
(81) 3423-0961
(81) 99344-7471
sobrames@hotmail.com